Devo separar o domínio da hospedagem?

Devo separar o domínio da hospedagem?

Pode parecer uma pergunta um pouco sem sentido, devo separar o domínio da hospedagem? Mas explicarei com mais detalhes.

No passado, alguns provedores de hospedagem de sites começaram a oferecer o registro de domínios aos seus clientes. Essa prática começou lá fora. Aqui no Brasil ainda demorou um pouco.

Então algumas pessoas e empresas começaram a migrar seus domínios de um apenas “registrar” para seu provedor, achando que tal prática seria benéfica, ao ao menos melhor no que diz respeito ao DNS e hospedagem estarem praticamente no mesmo lugar.

Eu inclusive fiz isso, cerca de 15 anos atrás. Me parecia adequado, eis que certa vez o provedor de hospedagem foi severamente atacado, teve seu site e área de serviços desfigurados.

Milhares de sites de clientes fora do ar, assim como os meus. Eis que devia migrar, afinal o show não pode parar. Mas como faria isso, os domínios eram gerenciados por eles, pelo painel que agora não mais funcionava…

Foram dias tensos, consegui migrar os domínios de hospedagens aqui do Registro.br, os demais sofri alguns dias fora do ar. Foram poucos clientes atingidos, mas causou muito transtorno.

Então recomendo fortemente que você mantenha os dois serviços em lugares distintos. Não evita um problema mas minimiza o mesmo se ocorrer.

Ainda que faz sentido manter os domínios no mesmo lugar, centraliza, organiza, eventualmente diminui custos, pois lá fora é comum os preços de registro variarem, ou ainda você ganhar algum voucher para renovação.

É claro que a escolha do seu registrar deve ser feita a partir de critérios técnicos.

Então como manter?

  • Mantenha os domínios em um único registrar
  • Registre todos juntos
  • Adicione segurança, todos os mecanismos que tiver disponível
  • Deixe a renovação automática ativada, mas tenha certeza que será avisado;
  • Não ative serviços desnecessários
  • Se for lá fora o ICANN pode lhe ajudar a resolver problemas
  • Um registrar honesto é o NameCheap
  • Aqui no Brasil só temos o Registro.br
  • Mantenha as travas de transferência ativadas

Manter domínios é coisa séria, ser avisado sobre vencimentos, ter a possibilidade de renovação automática, ter mecanismos de segurança que evitem fraudes e transferências indevidas, tudo isso ajuda.

Eventualmente você não conseguirá manter todos domínios no mesmo local, ainda existem limitações de extensões disponíveis, e nem sempre estão disponíveis em todos os registrars.

Cuidado com as fraudes

É comum registrar um domínio no Registro.br e depois de um tempo receber boletos fraudulentos para pagar, no seu endereço, com detalhes do domínio que parecem fazer o documento ser verdadeiro de fato. Pague seus domínios brasileiros somente pelo site do Registro.br.

Mas isso não é exclusividade do Brasil, ao registrar lá fora um domínio, também é normal você receber e-mails fraudulentos e indevidos. Alguns oferecendo serviços de SEO que devem ser pagos imediatamente, outros oferecendo a renovação do domínio perto da renovação verdadeira, mas na verdade outros registrars tentando fazer você transferir para eles, e por aí vai.

Fique atento, renove apenas a partir do site onde ele foi originalmente registrado.

E então, devo separar o domínio da hospedagem?

SIM, isso faz faz muito sentido.

Cuidado com domínios gratuitos e hospedagens gratuitas, muitas vezes você ganha um dos dois pelo pagamento do outro serviço, e eventualmente a empresa desaparece e você acaba sem nenhum dos dois!

Cuide dos seus domínios adequadamente.