Preciso de um redesign do site?

Preciso de um redesign do site?

Você quer saber se já chegou a hora? Preciso de um redesign no meu site? Essa é uma pergunta importante. Normalmente a resposta é sim, também precisa de um redesign no seu web site.

Sites antigos, em plataformas proprietárias, sem responsividade, sem muitos atrativos, poucos blocos de conteúdo, pouca organização, textos construídos como blocos de concreto em uma parede.

Isso é mais comum do que parece. E se você está se perguntando sobre isso é provável que no fundo você já tenha sentido os sinais do tempo no seu antigo layout, e ele está pedindo um facelift pelo menos.

Coisas para observar no redesign do site

  • Pessoas de grupos/nichos distintos reagem diferente ao conteúdo, layout e disposição dos elementos no seu web site;
  • Identificar o público alvo, ou persona, pode ser mais importante do que o redesign do site propriamente, afinal tudo é pensado em conectar sua marca com eles;
  • Pense no ponto principal da melhora, os demais são secundários;
  • Não tem nenhum problema se a página principal do seu site (e todas as outras) tiverem rolagem para se chegar aos demais conteúdos, isso é totalmente normal e aceitável;
  • Formulários são pequenos pontos de rápida interação para coleta de leads, então mantenha eles assim, pequenos;
  • Se o conteúdo existe para ser lido, consumido, então faça com que ele seja lido facilmente, fontes para humanos de todas as idades e contrastes adequados por favor;
  • 44% dos visitantes abandonam o site se não encontrarem área de contato, telefone ou endereço facilmente;
  • Vídeos persuadem 73% dos usuários a comprarem um produto ou serviço;
  • Se mais de 3 bilhões de buscas são feitas no Google todo santo dia, então devemos pensar que seu site tem que ser perfeitamente indexado e relevante para estar no meio do resultado destas buscas;
  • Mais de 70% das pessoas preferem saber mais sobre seus produtos e serviços lendo o blog da sua empresa do que clicando em seus caros anúncios;
  • Para cada segundo adicional no carregamento do seu site, são cerca de 7% de abandono de conversão, e se demorar mais de 3 segundos, o abandono será de cerca de 40%. Performance ajuda;
  • Se já há mais usuários da Internet acessando em dispositivos móveis do que em desktops, cerca de 54%, então nem preciso dizer que tem que ser responsivo certo?
  • Até 48% dos usuários entendem que se o seu site não funciona direito no telefone deles, é porque você realmente não se importa com seu negócio;

Então são muitas coisas para se levar em consideração. Ainda segundo a Rizen Inbound, alguns aspectos na experiência do usuário contam mais.

  • Tem que ser significado, um propósito para engajar;
  • Tem que ser agradável esteticamente, instigar as pessoas a fazerem coisas boas;
  • Tem que ser conveniente, funcionar como esperado, fácil e relevante;
  • Tem que ter conteúdo original e relevante;
  • Tem que ser útil, fácil utilização, design fácil e multi-dispositivos;
  • Tem que ser confiável, estável, consistente e ter boa performance;
  • Tem que ser funcional, boa hospedagem, rápido, seguro, sem erros e sem spam;

Seu site representa o seu negócio?

A evolução da sua empresa está representada no web site? Deveria.

Ele deve representar a marca em todos os aspectos da marca, vendas, empatia, modernidade, e o que mais ela precise para ser representada.

Também é preciso acompanhar a concorrência, observar o que eles tem feito de bom, e “reinventar” para poder utilizar.

Também tem que ser prático, fácil de atualizar, e dar resultado. Isto é, coletar leads, e se possível gerar mais vendas.

Importante lembrar que o site é um organismo vivo, em constante evolução, tem que se manter adequado aos momentos da empresa, tem que evoluir, e nem sempre precisará de redesign, mas tem que estar aberto a se modernizar.

Só porque a empresa é sua, e você supervisionou diretamente, não significa que o seu layout é bom

  • Se prepare para descobrir que o layout não é tão bom;
  • Mesmo que você tenha supervisionado diretamente este layout, não se apegue;
  • Você fez estudos para saber se ele é realmente bom, ou foi apenas a sua percepção?
  • Está no ar a quanto tempo? Tem olhado os analytics e observado os pontos de conversão? Tem funcionado realmente?
  • E os seus usuários, o seu nicho, os seus clientes, já perguntou o que eles acham do seu site?
  • Não importa quem fez, importa realmente o resultado que está proporcionando;
  • Está utilizando todo o potencial que poderia?
  • Está tendo todos os resultados que deveria?
  • Quais sua métricas de sucesso?

Pense que o fornecedor busca normalmente o mesmo que você, melhorar e gerar mais resultados. Normalmente ele pode não falar do layout para não parecer arrogante ou insensível, mas tem experiência suficiente para lhe ajudar a dar um passo a mais na direção do sucesso.

E aí, está precisando de redesign do site? Entre em contato e vamos conversar.